Indústria automobilística

Você fabrica componentes para o setor automobilístico? Então a ARBURG é a empresa certa para você! Nossos especialistas configuram as injetoras ALLROUNDER exatamente de acordo com as suas necessidades. E as possibilidades de aplicação, combinação de materiais e processos são quase que ilimitadas.

Nós dominamos todos os procedimentos e combinações de processos. Em nossas soluções de moldagem por injeção, os seus produtos são fabricados sem nenhuma falha de qualidade, de acordo com as suas exigências de produto. Por exemplo, sistemas ópticos para LED e sensores de chuva e claridade, superfícies de excelente qualidade no interior ou ligas resistentes de metal e plástico no compartimento do motor. E o nosso comando SELOGICA age como uma central de controle, integrando diversos periféricos.

Destaques

  • Qualidade impecável: células de produção totalmente automatizadas integram as etapas anteriores e posteriores
  • Know-how abrangente da ARBURG: todos os processos e combinações de processos podem ser convertidos para o setor automobilístico como, por exemplo, a moldagem por injeção de múltiplos componentes, impressão na linha e técnica de injeção fluida
  • As ALLROUNDER transformam termoplásticos, termofixos, elastômeros e silicones líquidos em componentes automobilísticos excelentes
  • SELOGICA: economia de tempo graças a movimentos síncronos de máquinas e sistemas robóticos

Exemplos da prática

Sistemas sensores
Silicone líquido corrige curvaturas: com amortecedores LSR, um sensor de chuva e claridade permite uma conexão perfeita com um para-brisa dianteiro de veículo de passeio. Uma máquina de múltiplos componentes injeta silicone líquido de baixa viscosidade (5 Shore A) em um quadro de PBT, onde os sensores são montados.
ir para vídeo

Gabinete
A fabricação de um sensor de uréia fica por conta de uma célula de produção complexa. A ALLROUNDER 1200 T de mesa rotativa permite retirar e colocar simultaneamente durante a moldagem por injeção. Um robô Scara disponibiliza 14 pinos em filigrana, que serão sobreinjetados no molde.
ir para peça moldada

Interior e exterior
A técnica de injeção de fluido (GIT) possibilita a fabricação de peças de parede grossa. O exemplo mostra um núcleo de PA 6 reforçado e uma capa externa de PA 12 com uma superfície de ótima qualidade, e tudo isso, associado a um peso nitidamente reduzido.

Compartimento do motor
Peças híbridas compostas de uma liga de plástico e metal são mais leves do que aço e podem conter funções adicionais. Por exemplo, uma vedação de silicone líquido. A produção totalmente automática de uma tampa híbrida satisfaz os requisitos mais exigentes de qualidade e produtividade.

Elementos de iluminação
No processo de injeção por cunhagem, peças de paredes grossas dos sistemas ópticos como, por exemplo, as lentes auxiliares LED de PC para farol baixo, farol alto e lanterna no farol do veículo. Isso evita com segurança problemas de qualidade como pontos de depressão superficial ou extratores quebrados.