Sistemas robóticos lineares

Gestão de peças individual

Nossos sistemas robóticos lineares se distinguem pela sua alta capacidade de adaptação com baixa necessidade de espaço. Veja aqui, por exemplo, um MULTILIFT V na montagem completa ou como um MULTILIFT H, na combinação homem-robô, retira artigos delicados, ou um MULTILIFT SELECT manuseia inclusive peças moldadas por injeção com eficácia.

Cooperação homem-robótico

Automação eficiente em escala menor
À medida que operadores e sistemas robóticos trabalham de mãos dadas, a automação também pode valer a pena na moldagem por injeção de lotes menores e médios. No exemplo apresentado, os sistemas de preparação para a inserção são eliminados e a técnica de garras, simplificada. Com isso, a troca de produto é mais flexível e mais rápida.

Durante o ciclo de injeção, o operador, protegido por uma cortina de luz, posiciona manualmente os eixos de um buggy de brinquedo na garra de um MULTILIFT V. A cooperação homem-robô reduz, por um lado, os custos de investimento em automação e, por outro, graças à reprodutibilidade e ergonomia dos processos, aumenta a segurança do processo e a produtividade. Além disso, a troca de molde é bem mais simples e, em comparação com uma automação completa, há uma redução de 5 h para 3,5 h.

Buggy

O sistema robótico assume toda a montagem
Uma injetora hidráulica ALLROUNDER S fabrica um buggy composto por quatro elementos: as rodas são injetadas em dois eixos metálicos e, concomitantemente, surgem o teto e o chassi. O sistema robótico MULTILIFT V de atuação vertical assume a inserção e a retirada dos componentes bem como a sua completa montagem.

Os eixos metálicos do carrinho de brinquedo são automaticamente separados do material a granel. Eles são inseridos no lado do bocal do MULTILIFT V o qual, concomitantemente, retira as peças no lado do extrator. A sincronização dos movimentos do robô e da máquina evidencia uma clara redução dos tempos de abertura. Com as etapas de montagem e controle de qualidade sendo monitoradas por um sistema de câmeras, obtém-se uma elevada segurança do processo. 

Fibra óptica

Microestrutras de alta precisão
As injetoras elétricas da linha ALLDRIVE são adequadas para aplicações ópticas de alta precisão como a fabricação automatizadas de fibra óptica de PC. Por causa das microestruturas de 5 nm na superfície, a máxima qualidade e precisão dos componentes são primordiais.

A replicação segura das microestruturas é alcançada pela temperatura do molde de 120 °C. O sistema robótico MULTILIFT H de engrenamento horizontal retira a fibra óptica cuidadosamente e a conduz para a inspeção visual. Todos os equipamentos periféricos estão integrados no comando SELOGICA, permitindo que todo o processo de produção seja monitorado completa e centralmente.

Junção em Y

Técnica tira-macho complexa
Para fabricar uma junção em Y para um tubo de escoamento de esgoto de 110 mm de diâmetro, utiliza-se um molde com uma complexa técnica tira-macho e segmentos de núcleo extensível. Os três núcleos extensíveis hidráulicos encontram-se totalmente integrados no comando SELOGICA.

O processo com núcleos laterais sincronizados evita danos ao molde: o núcleo principal é conduzido separadamente, sempre antes dos núcleos laterais. A junção em Y é fabricada em uma injetora hidráulica ALLROUNDER 820 S. A cuidadosa retirada do componente de 505 g de peso é realizada pelo sistema robótico MULTILIFT SELECT.