Micromoldagem por injeção

Peças mínimas - exigências máximas

O preparo homogêneo da massa, tempos de residência mínimos e processamento seguindo o princípio FiFo, primeiro a entrar e primeiro a sair, são decisivos para a qualidade de micropeças. Nossos vídeos de demonstração mostram como é possível produzir peças menores do que um grão de granulado ou aplicar microestruturas em superfícies usando, para isso, o módulo para microinjeção e a unidade de microinjeção.

Microcontador

Peso de injeção de uns poucos miligramas
Micropeças de precisão, como, por exemplo, os microcontadores de apenas 0,004 g de peso, podem ser produzidos com alta qualidade em máquinas padrão otimizadas da ARBURG. Nossa microcélula de produção especial é uma solução eficiente para pesos de injeção da ordem de miligramas.

Precisão e conformidade com tolerâncias micrométricas você obtém, por exemplo, com a moldagem por injeção feita através da PPR, a rosca de posicionamento preciso. Para isso, é usada uma máquina injetora elétrica ALLROUNDER 270 A com unidade de microinjeção do tamanho 5. O manuseio das peças fica por conta do sistema robótico de atuação horizontal MULTILIFT H 3+1.
ir para peça moldada

Fibra óptica

Microestrutras de alta precisão
As injetoras elétricas da linha ALLDRIVE são adequadas para aplicações ópticas de alta precisão como a fabricação automatizadas de fibra óptica de PC. Por causa das microestruturas de 5 nm na superfície, a máxima qualidade e precisão dos componentes são primordiais.

A replicação segura das microestruturas é alcançada pela temperatura do molde de 120 °C. O sistema robótico MULTILIFT H de engrenamento horizontal retira a fibra óptica cuidadosamente e a conduz para a inspeção visual. Todos os equipamentos periféricos estão integrados no comando SELOGICA, permitindo que todo o processo de produção seja monitorado completa e centralmente.